Os melhores locais para visitar

Monumentos em Guarda

Quinta da Ponte

  • património

Faia
6300-095, Faia

Guarda

Quinta de recreio e produção, composta por um edifício principal e algumas dependências agrícolas: um forno, uma pocilga e um pombal circular. Apresenta características de arquitetura maneirista, barroca e rococó.

Edifício do Antigo Paço Episcopal e Seminário / Museu da Guarda

  • património

Rua General Alves Roçadas, 28-30
6300-663, Guarda

Guarda

Edifício com fachada com três corpos, sendo o do centro, a igreja, encimado por um frontão em meio círculo que se eleva acima da cornija. Os corpos laterais são de beiral corrido com gárgulas cónicas estriadas. Destaca-se o claustro e símbolos heráldicos e, na decoração, as conchas, palmetas, volutas, laçarias, entrançados e motivos geométricos.

Sé da Guarda

  • património

Praça Luís de Camões
6300-725, Guarda

Guarda

Construída entre os séculos XIV e XVI, esta Sé apresenta dois portais, um gótico e outro manuelino. Destacam-se duas torres sineiras octogonais, gárgulas e pináculos no exterior, um retábulo de João Ruão, colunas, a capela dos Pinas e cadeirais. Devido às sucessivas reconstruções, apresenta vários estilos diferentes que marcaram os séculos XIV e XV.

Igreja e Edifício da Misericórdia da Guarda

  • património

Largo Doutor João de Almeida
6300-695, Guarda

Guarda

Edifício do século XVIII, restaurado durante a época joanina. Destaque para as cantarias trabalhadas da porta e frontão, janelas, torres e nicho. Na capela-mor, o altar é dedicado a Nossa Senhora da Consolação.

Torre dos Ferreiros

  • património

Rua da Torre, 46
6300-751, Guarda

Guarda

No coração da cidade, ergue-se uma torre alta de pedra, com entrada em cotovelo, a Torre dos Ferreiros. Ali encontra-se também uma das entradas nobres do centro da Guarda, no passado integrada na paisagem das muralhas, a Porta dos Ferreiros.

Capela de Nossa Senhora do Mileu

  • património

Rua Vila de Manteigas, 75
6300-617, Guarda

Guarda

Templo românico que conta já com elementos de transição para o gótico. É composto por dois volumes retangulares justapostos (uma nave única e uma capela-mor), sendo a frontaria rasgada por um pórtico em arco de volta inteira com arquivoltas. Os cachorros e capitéis estão decorados com motivos zoomórficos e fitomórficos. O arco triunfal quebrado e as rosáceas anunciam já o gótico.

Castelo da Guarda / Torre de Menagem

  • património

Rua Dona Maria Luísa Godinho
6300-408, Guarda

Guarda

No ponto mais alto da cidade, a 1056 metros de altitude, encontra-se o Castelo da Guarda, mais conhecido por Torre de Menagem. A localidade foi povoada por ordem de Dom Sancho I, que lhe concedeu foral e regalias, em 1199, e transferiu para aqui a sede da diocese. Este primeiro foral foi confirmado pelo mesmo rei em 1217, 1229 e, mais tarde, em 1254, por Dom Afonso III. Em 1510, Dom Manuel outorgou-lhe foral novo e concedeu a seu filho, Dom Fernando, o título de duque da Guarda.

Chafariz de Santo André

  • património

Alameda de Santo André
6300-322, Guarda

Guarda

Grande chafariz setecentista armoriado (da família Refoios Saraiva), que se encontra decorado com volutas, dragões e pináculos. A água jorra, através de três carrancas, para um tanque recortado.

Painel de Azulejos de Frei Pedro da Guarda

  • património

Largo Frei Pedro da Guarda
6300-711, Guarda

Guarda

Pequeno painel de azulejos em tons de azul e branco, representando Frei Pedro da Guarda com o seu cão, a procurar na neve os viajantes perdidos na serra.

Calçada Romana em Ponte da Mizarela

  • património

EN 556
6300-165, Mizarela

Guarda

A Mizarela é uma pequena aldeia a cerca de 15 minutos da Guarda, que se destaca pela sua Ponte Romana. Na sua envolvência, há uma calçada romana com cerca de dois quilómetros.

1 2 3 ... 12 13 14 >