Os melhores locais para visitar

Monumentos em Santiago do Cacém

Moinho da Quintinha/ Cumeada

  • património

Estrada das Cumeadas (EM 550)
7540, Santiago do Cacém

Santiago do Cacém

Moinho de alvenaria, de torre tronco-cónica e capelo giratório acionado por um sistema de sarilho. Está em funcionamento desde 1982. Sempre que as condições climatéricas permitem, os turistas podem observar o processo de moagem tradicional dos cereais. O Moinho da Quintinha é neste início de século o único exemplo em Portugal do princípio de uma escola de molinologia.

Igreja Matriz de Santiago do Cacém/ Tesouro da Colegiada de Santiago

  • património

Rua do Castelo
7540, Santiago do Cacém

Santiago do Cacém

Nesta igreja destaca-se o pórtico lateral, ogival, a abóbada que cobre o coro alto e o alto-relevo gótico, do século XIV, em pedra, que representa Santiago combatendo os mouros. Ao longo dos séculos o edifício foi sofrendo alterações, apresentando vestígios de várias épocas. Os quatro tramos da nave central e laterais, separados por arcos quebrados sobre pilares octogonais de capitéis cúbicos, a Porta do Sol com arquivolta quebrada, alto-relevo no subcoro e sepultura de Álvaro Mendes Brito são alguns exemplares do estilo gótico. O estilo manuelino está patente na estrutura da primitiva cabeceira, hoje incluída no corpo da nave. A …

Moinho de Vento na EM 1110

  • património

EM 1110
7540, Santiago do Cacém

Santiago do Cacém

O concelho de Santiago do Cacém é rico em moinhos devido à sua dimensão e relevo. Antigamente era importante porque a força eólica era transformada em pão.

Moinho da Casa Velha

  • património

EM 1110
7540, Santiago do Cacém

Santiago do Cacém

O concelho de Santiago do Cacém é rico em moinhos devido à sua dimensão e relevo. Antigamente era importante porque a força eólica era transformada em pão.

Ruínas Romanas de Miróbriga

  • património

Estrada das Cumeadas - EM 550
7540-236, Santiago do Cacém

Santiago do Cacém

Povoado fortificado do Bronze Final e Idade do Ferro, sobre o qual foi construída, na época romana, uma cidade. São evidentes templos, zona comercial, termas, calçadas e hipódromo, entre outros vestígios. Destaca-se o lugar de espetáculo na Antiguidade, o circo romano com capacidade para 25 mil pessoas. Está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Igreja Matriz de São Francisco da Serra

  • património

Praça José Pedro Guerreiro Malhadais
7540, São Francisco da Serra

Santiago do Cacém

Igreja de nave única com destaque para os frescos dos séculos XVI e XVII, que podem ser observados, respetivamente, na edícula do altar-mor, com temática relacionada coma a adoração do Santíssimo Sacramento - anjos com turíbulos, vestidos à moda de quinhentos, adoram o Santíssimo Sacramento -, e numa dependência do exterior, onde se observam um conjunto de imagens que fazem parte da temática da genealogia de Cristo

Igreja Matriz de São Bartolomeu da Serra

  • património

Beco 1º de Maio
7540, São Bartolomeu da Serra

Santiago do Cacém

A marca de maior antiguidade do templo encontra-se na primitiva imagem do orago - S. Bartolomeu -, que foi realizada em pedra calcária (séc. XIV) e que atualmente se encontra na residência paroquial de Santiago do Cacém.

Igreja Matriz de Nossa Senhora Abela

  • património

Rua Padre Hermano de Almeida Lima
7540, Abela

Santiago do Cacém

Igreja de inspiração francesa, notório na implantação da torre sineira na fachada, formando fachada-torre, no portal em arco de volta perfeita com arquivoltas concêntricas assentes em colunas de grande depuração.

Igreja Matriz de Alvalade

  • património

Largo 25 de Abril
7540, Alvalade

Santiago do Cacém

No exterior destaque para a torre sineira, a janela em arco quebrado de iluminação do coro-alto, o portal manuelino rematado em cogulho e a antiga pedra de armas do concelho. No interior, merece atenção o arco cruzeiro manuelino, a capela-mor abobadada e o retábulo de talha dourada do século XVIII.

Igreja de São Domingos

  • património

Rua 5 de Outrobro
7540, São Domingos

Santiago do Cacém

Templo rural manuelino que conserva, ainda hoje, marcas da influência do estilo gótico, como é o exemplo do portal principal e da janela de iluminação do coro alto (ambos em arco quebrado desprovido de decoração). No interior o destaque vai para as inúmeras imagens dos séculos XVII e XVIII, a pia manuelina de água benta, os altares laterais do período setecentista, os relevos rococós da caixa de madeira do púlpito e o interessante retábulo da capela-mor.

1 2 3 >