bons restaurantes que têm em comum terem proprietários com ligações ao futebol, nomeadamente em Lisboa e no Porto. Siga o roteiro proposto pelo All About Portugal e fique a conhecer 10 espaços onde comer pratos tradicionais ou internacionais. A oferta é variada e, nalguns restaurantes, até encontrará uma decoração a condizer com a paixão pelo desporto-rei. Viva o futebol além das quatro linhas nestas opções para diversos gostos e, quem sabe, até poderá encontrar alguma antiga ou atual estrela dos relvados.

Âncora Violeta, Leça da Palmeira

James Rodríguez brilhou no FC Porto, onde ajudou a conquistar três campeonatos e uma Liga Europa, e gostou tanto da região que decidiu abrir este restaurante na marginal de Leça da Palmeira. Dada a zona em que está inserido, o peixe e o marisco estão naturalmente em destaque, mas também os grelhados de carne são muito procurados, com o Costeletão à James a saltar à vista na ementa. Há camisolas do craque colombiano, chuteiras e também não faltam referências ao clube azul e branco.

A Tasquinha do Lagarto, Lisboa

É uma espécie de“santuário” para os sportinguistas e isso fica bem percetível logo à entrada, tantos são os elementos alusivos ao emblema verde e branco. As paredes também estão repletas de camisolas de futebol, maioritariamente do Sporting, mas não só. Contudo, este restaurante de cozinha tradicional portuguesa é procurado por adeptos de todos os clubes, precisamente pela qualidade da comida e ambiente familiar. Uma das atrações é o seu bolo de bolacha coberto com mousse de chocolate.

CR7 Corner Bar & Bistrô, Lisboa

Cristiano Ronaldo é um vencedor por natureza e gosta de ser bem-sucedido onde investe, daí que o restaurante que abriu no centro de Lisboa não pretenda ser apenas mais um. Está inserido no Pestana CR7 Hotel e, como seria expectável, “respira” futebol com decoração alusiva, para além de dispor de um ecrã gigante e matraquilhos premium. A comida privilegia sabores genuinamente portugueses, mas com apresentação diferenciada. Aproveite para tirar uma fotografia interativa com o craque.

La Expo Dolce Vita, Lisboa

Admirador de comida italiana, Adrien Silva apostou neste projeto situado na zona do Parque das Nações, em Lisboa. Pastas ou pizzas são a especialidade deste espaço que ostenta o selo "Ospitalità Italiana - Restaurantes Italianos pelo Mundo" e que é frequentado habitualmente por vários futebolistas. O ambiente é descontraído e não faltam camisolas de muitos craques, com natural destaque para as do antigo capitão do Sporting e jogador da Seleção de Portugal.

Luz by Chakall, Estádio da Luz – Lisboa

Já se imaginou a almoçar ou a jantar dentro de um estádio de futebol? É o que sucede a quem visita este restaurante inaugurado em 2019 no Estádio da Luz, onde joga o SL Benfica. O mister deste projeto é o Chef Chakall, argentino radicado em Portugal há muitos anos e benfiquista assumido. O cardápio faz uma ligação divertida com o futebol, recorrendo a termos como aquecimento, kick off ou prolongamento, e conjuga sabores de Portugal, Argentina e Itália, com as pizzas em destaque.

O Barbas - Catedral, Costa da Caparica

Há adeptos icónicos: onde o seu clube joga eles normalmente não falham. É o que sucede com António Ramos ou o "Barbas", um adepto histórico do SLB e o dono deste restaurante, que fez um update ao nome do estabelecimento com a junção de “Catedral”, termo com que muitos simpatizantes do Benfica se referem ao Estádio da Luz. Aberto desde 1981, distingue-se pelos pratos de peixe e marisco, bem como pela decoração alusiva ao clube do coração do dono. A localização na Costa da Caparica, mesmo na linha da praia, é outro ponto forte.

Tia Alice, Negrais/Sintra

Leitão assado em forno de lenha é a especialidade deste restaurante de Negrais, que faz parte do concelho de Sintra. O espaço pertence a Marco Caneira, antigo internacional português que esteve em dois Mundiais e jogou no Sporting e Benfica. Para provar também há arroz de miúdos de leitão e uma sobremesa chamada “bacorinho”, servida numa forma sugestiva. Na mesma localidade fica o conceituado O Caneira, igualmente afamado pelo leitão, que é de um primo do pai do ex-futebolista.

Tia Mila, Mindelo

Marek Cech nasceu na Eslováquia, foi tricampeão pelo FC Porto, apaixonou-se por Portugal e, após jogar noutros países, decidiu aceitar o repto de um amigo e aventurar-se no mundo da restauração com este espaço que se situa no Mindelo, perto de Vila do Conde. O ambiente é acolhedor, a comida é a tradicional portuguesa, como bacalhau, posta ou rojões e, com sorte, até poderá encontrar o antigo jogador, que também representou o Boavista e o seu país num Campeonato do Mundo.

Tribuna Sports Bar, Vila Nova de Gaia

Agrada-lhe a ideia de jantar ou petiscar num ambiente parecido com o de um estádio? Este restaurante-bar de Gaia é o local certo, ou não tivesse 16 televisões e, até, um spot para a prática de boxe. O espaço abriu em 2020 e um dos três sócios é André Simões, médio que passou pelas camadas jovens do FC Porto e que emigrou para a Grécia em 2015, onde se sagrou campeão pelo AEK de Atenas três épocas depois. Bife tártaro ou vazia de angus australiano são alguns dos pratos mais populares.

Turismo Restaurante Lounge, Barcelos

Uma ampla sala panorâmica que oferece uma magnífica vista sobre o Rio Cávado é apenas um dos motivos de interesse deste restaurante de Barcelos. A qualidade da comida é outra das atrações do projeto em que um dos sócios é Carlitos, antigo jogador de Benfica, Sporting de Braga e Gil Vicente, entre outros clubes. A carta é bastante diversificada e inclui sugestivos pratos como galo na carcaça de pão ou arroz de berbigão. É usual ver-se figuras públicas entre os seus clientes.