Calheta de São Jorge

A vila da Calheta foi fundada em finais do século XV (1483) e rapidamente se desenvolveu, passando a ser sede de concelho a partir de 1534. Com a extinção do concelho do Topo (em 1867), o concelho da Calheta passou a ocupar uma área de 126,5 km2 a que corresponde toda a parte oriental da Ilha de São Jorge. A par do vizinho concelho de Velas, a grande montra turística do concelho são as Fajãs, locais de cultivo situados à beira-mar rodeados por arribas íngremes. A Fajã da Caldeira do Santo Cristo destaca-se entre estes belos locais de convivência entre a natureza e o homem. Em termos económicos, é no mar e na agricultura e pecuária que os calhetenses buscam a sua subsistência. Nos últimos anos o turismo tem possibilitado abrir um pouco os horizontes a este concelho rural. No entanto, esta tendência é ainda muito incipiente e sazonal. Não é de estranhar que o número de habitantes do concelho tenha vindo progressivamente a diminuir: conta, hoje em dia, com menos de 4000 habitantes, dos quais 1200 a residir no centro da vila. Mas a riqueza não se mede apenas por indicadores económicos e demográficos… A riqueza paisagística da região é imensa e conquista cada turista que por lá passa!

Best Of Calheta de São Jorge

ver mais