Quer entrar no novo ano longe do rebuliço da cidade? A Serra da Estrela é sempre bela, mas nos meses mais frios ganha especial encanto. Ela é o ponto de partida para um roteiro que o levará a conhecer 10 aldeias de visita obrigatória na região. Aceite o repto do All About Portugal e passe um réveillon memorável. Vai encontrar aldeias impregnadas de história e o seu estômago também não vai ficar defraudado. Com sorte ainda vai encontrar outro aliciante extra para miúdos e graúdos: a neve.

Sabugueiro, Seia

Quem desce da Torre, o ponto mais alto da Serra da Estrela, em direção a Seia encontra aquela que é a aldeia mais alta de Portugal, a cerca de 1.100 metros de altitude. A sua rua principal está repleta de restaurantes e de lojas que vendem produtos típicos da região, como o famoso Queijo Serra da Estrela e artesanato. Não deixe de aproveitar a visita para se deliciar com a gastronomia típica. A cerca de meia hora de carro, não deixe de visitar Cabeça, a “Aldeia Natal”. Os miúdos vão adorar.

Folgosinho, Gouveia

“Água e mulher só boa se quer” e “Água má faz danos, água boa dá anos” são dois “mandamentos” que estão inscritos numa das fontes desta pitoresca aldeia do concelho de Gouveia. Como quem passeia também gosta de comer bem, aconselha-se uma paragem no restaurante “O Albertino”. Com menus que variam entre os 14 e os 16 euros, pode comer até não conseguir mais. Antes ou depois da refeição, tem de subir até ao Castelo, onde poderá apreciar uma vista portentosa sobre esta região.

Linhares da Beira, Celorico da Beira

Não muito distante fica outro Castelo de visita mandatória. Bem conservado, é um dos “ex-libris” desta Aldeia Histórica, que fica num ponto sobranceiro do concelho de Celorico da Beira, muito conhecido pelo queijo. Passeie em família pelas suas ruas de calçada. Estão impregnadas de história e não será difícil encontrar pontos de interesse como a antiga Casa da Câmara ou o Pelourinho Quinhentista. A aldeia também é famosa pelas excelentes condições para a prática de voo em parapente.

Marialva, Mêda

É outra das Aldeias Históricas que não podia faltar nesta viagem. A sua localização privilegiada foi um dos motivos que levou à edificação de um castelo, da cidadela e das muralhas que ainda hoje persistem e que, por certo, os mais pequenos vão adorar. Por aqui andaram povos como os Aravos, Romanos ou os Árabes e todos eles deixaram marcas neste sítio, que nos transporta para tempos remotos. Mesmo no centro desta aldeia, encontramos as Casas do Côro, uma unidade hoteleira de referência.

Longroiva, Mêda

No mesmo concelho, a poucos quilómetros de distância, encontra-se esta aldeia que também possui um Castelo, relevante marco da arquitetura templária da zona. Após se deleitar com a panorâmica sobre esta região, habitada desde a Pré-História, perca-se pelas ruas da localidade, motivos de interesse não vão faltar. É também muito procurada pelas qualidades terapêuticas das suas águas termais e o renovado balneário termal recebe anualmente pessoas vindas de muitos pontos de Portugal, e não só.

Castelo Rodrigo, Figueira de Castelo Rodrigo

Outra Aldeia Histórica que é um encanto e uma das mais visitadas da região. As ruínas do belíssimo Palácio Cristóvão de Moura são um monumento a não perder e que transportará as crianças para um ambiente de reis e rainhas. Explore as suas bem conservadas ruas de calçada e descubra marcos da história como a cisterna medieval ou o pelourinho quinhentista. Depois de visitar esta que é uma das 7 maravilhas de Portugal na categoria de “Aldeia Autêntica”, descubra o Cristo-Rei da Serra da Marofa.

Sortelha, Sabugal

Não menos enigmática e mágica é esta Aldeia Histórica do concelho raiano do Sabugal. Até lá chegar, tem de percorrer alguns quilómetros de estradas de curvas, mas a recompensa vai ser fabulosa. Aprecie o Castelo, as muralhas e o casario em pedra, distribuído pelas suas ruelas caraterísticas. Tire fotografias. Muitas mesmo, que mais tarde vai desejar estar novamente neste autêntico tesouro medieval. Observe rochas com nomes curiosos como a “Cabeça da Velha” ou as “Pedras do Beijo Eterno”.

Monsanto, Idanha-a-Nova

Ao entrar nesta Aldeia Histórica vai sentir-se a fazer uma viagem ao passado. É próximo da fronteira com Espanha que encontramos aquela que, em 1938, venceu o concurso de aldeia mais portuguesa de Portugal, e desde aí, o epíteto pegou. Passeie pelas suas ruelas de casas de granito e fique a perceber porque alguns visitantes se apaixonam à primeira vista. Desfrute ainda da lindíssima vista panorâmica que o seu ponto mais alto oferece.

Idanha-a-Velha, Idanha-a-Nova

No mesmo concelho encontra-se outra Aldeia Histórica, que tinha de constar nesta road trip pela sua importância histórica e beleza arquitetónica. Foram os romanos que a fundaram no século I A.C., mas por aqui passaram muitos outros povos. Um dos seus monumentos mais enigmáticos é a Sé Catedral, que terá sido construída pelos templários no século XIII, por cima das ruínas de um antigo local de culto islâmico. A Torre de Menagem e a Porta Nova também merecem um olhar atento.

Piódão, Arganil

Para terminar este roteiro em beleza, nada melhor do que visitar esta aldeia que se destaca pelas suas casas de xisto distribuídas por uma encosta da Serra do Açor. Foi eleita uma das 7 maravilhas de Portugal, na categoria de Aldeias, e apelidada pelo norte-americano Huffington Post de "Aldeia dos Flinstones". Procure a Igreja Matriz, branca com pormenores azuis, que se “intromete” entre o casario de xisto desta Aldeia Histórica, que apresenta um enquadramento natural soberbo.