Se quer descobrir Portugal, o local onde a nação portuguesa deu os primeiros passos pode revelar-se um ponto de partida inspirador. Cultura, Património, História e Natureza são atributos que se conjugam em harmonia na cidade de Guimarães, um destino de eleição para passear em família. Deixe-se conquistar pela cidade com o roteiro que o All About Portugal pensou para si.

Largo da Oliveira e Praça de Santiago

Não há melhor forma de começar o passeio pela cidade de Guimarães. Esta é uma das praças mais conhecidas de Portugal. Aproveite as esplanadas para contemplar este conjunto urbanístico, embelezado pelo Padrão do Salado e ouvir o badalar dos sinos da Igreja da Nossa Senhora da Oliveira. Apenas separada pelos arcos do antigo edifício dos Paços do Concelho, segue-se a Praça de Santiago, também ampla e com um belíssimo conjunto de casas alpendradas, com varandas de madeira decoradas com flores ou as bandeiras do clube da terra, o Vitória Sport Clube.

Aqui Nasceu Portugal

O núcleo urbano de Guimarães, vivo e bem preservado, faz-se bem a pé. Caminhe pela Alameda de São Dâmaso, ao longo das muralhas, até alcançar um dos ícones da cidade; a Torre da Alfândega onde se lê a frase “Aqui nasceu Portugal”. É local de paragem obrigatória para a fotografia da praxe.

Largo do Toural

Mais adiante está o Largo do Toural, o tradicional ponto de encontro de celebração das conquistas do povo de Guimarães. Numa das extremidades do largo, atravesse as Portas da Vila e entre no coração do centro histórico. A escultura do Rei Dom Afonso Henriques, da autoria de João Cutileiro, dá-lhe as boas-vindas.

Castelo de Guimarães

Prossiga pela Rua de Santa Maria e suba em direção à Colina Sagrada, onde se encontra o Castelo de Guimarães, símbolo da nacionalidade. Se tiver coragem, suba as íngremes escadas que dão acesso à Torre de Menagem. A vista de 360 graus vai valer o esforço.

Paço dos Duques de Bragança

Entre o Castelo e a Igreja de São Miguel, que abriga a pia batismal de Dom Afonso Henriques, encontra o Paço dos Duques de Bragança, monumento do século XV mandado edificar por Dom Afonso, Conde de Barcelos. É um dos monumentos mais visitados da cidade de Guimarães.

Jardim do Palácio de Vila Flor

Vale a pena passear nos jardins do Palácio de Vila Flor. Construído em meados do século XVII, o palácio possui um bonito jardim de três patamares e fonte barroca muito romântica. O edifício está atualmente situado ao lado do Centro Cultural Vila Flor, sendo atualmente a sua ocupação relacionada com eventos culturais. Aqui ainda pode ainda assistir a um espetáculo ou divertir-se pela noite dentro no café concerto.

Teleférico da Penha

Depois de visitar o centro histórico, o Castelo e o Paço dos Duques de Bragança, só há uma coisa a fazer: refrescar-se debaixo das árvores frondosas da Montanha da Penha. Apenas cinco quilómetros separam a cidade de Guimarães do cimo da montanha, que se eleva a 617 metros de altitude. Sugerimos por isso uma viagem no Teleférico da Penha. O passeio proporciona uma vista única sobre a cidade de Guimarães. Pode comprar o bilhete de ida e volta e em 10 minutos irá chegar ao destino.

Montanha da Penha

Já no cimo da Montanha da Penha encontra o Santuário da Penha envolto num pulmão verde. Tem uma Igreja, várias ermidas e um parque com mesas de pedra muito procurado para piqueniques. Não deixe de apreciar a magnífica vista da cidade de Guimarães no miradouro da Igreja, também conhecido como a Varanda de Pilatos.

Adega do Ermitão

Para terminar o passeio, nada como recuperar forças com um bom petisco na Adega do Ermitão. Esta adega tem a curiosidade de estar inserida numa gruta. É conhecida pelo bolo de sardinhas e de carne, o caldo-verde e outras iguarias irresistíveis.